Começou 2021

2021 chegou com alguns desafios para a rede de voluntários da Vaga Lume. 

Nossa rede de voluntários começa o ano com o compromisso de divulgar e garantir o acesso ao  curso de mediadores de leitura online, enviar os dados da avaliação das ações realizadas pelas comunidades em 2020 e seguem com a entrega dos materiais enviados pela Vaga Lume como os livros que estão chegando na casa das famílias para que jovens e crianças possam ler mesmo no contexto tão difícil diante do o agravamento da pandemia no território.   

Apesar dos desafios, os voluntários seguem ativos, com saudades das crianças lendo nas bibliotecas, mas continuam respirando e inspirando esperança para que em breve todos e todas  consigam retornar às atividades. 

Não está fácil a comunicação e logística nas comunidades mais remotas, principalmente do Estado do Amazonas, justamente onde a pandemia voltou a se agravar primeiro. Então, para auxiliar prioritariamente as 24 comunidades do Estado que possuem bibliotecas comunitárias, a Vaga Lume lançou no dia 21/01/2021 a campanha “SOS AMAZONAS” que visa arrecadar recursos  o suficiente para atender as famílias mais necessitadas neste tempo difícil. O auxílio será por meio da entrega de alimentação e materiais que previnem o contágio do coronavírus como máscaras e álcool em gel.  

Mais uma vez contaremos com o apoio da nossa rede  voluntários que atuam no território para  mapear informações das comunidades e da logística necessária para que o apoio chegue às famílias em situação de maior precariedade. Contaremos ainda com as parcerias institucionais e locais na captação do fundo e distribuição dos itens adquiridos através da campanha.

Somos conscientes de que a ação é emergencial e fundamental, que esta rede de solidariedade possa arrecadar os recursos necessários para seguir na luta por um país menos desigual, com acessos e educação de qualidade, direitos humanos efetivos e, principalmente, por um país mais justo para todes.

Seguimos!

Artigos relacionados

1 Comentário. Deixe um novo

  • Marli Aparecida Braga Gonçalves B Silva
    22 de agosto de 2021 21:02

    Sou diretora de duas escolas rurais. Gostaria de fazer uma biblioteca vagalume na comunidade rural.
    Vocês poderiam me informar quais as providências?

    Responder

Tire suas dúvidas ou deixe seus comentários aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA EM MACAPÁ
A vacina chegou e a Vaga Lume apoia a vacinação
Menu