[ Histórias Inspiradoras: Jefferson ]

Eu sou Jefferson, nascido no município de Juruti, estado do Pará e criado em Santarém, no mesmo Estado. Minha mãe como professora apenas com a 5ª série na época e meu pai como braçal saiam cedo de casa e só retornavam a noite e os seis filhos cuidavam uns dos outros. 

 

Sou casado com a Elza Maria e sou pai de dois filhos – Sávio - 14 anos e Victor – 10 anos. Estudei somente em escola pública e hoje sou especialista em Gestão Escolar com duas graduações – Letras e Pedagogia. Atuo como professor na rede municipal de ensino no município de Santarém.

Os livros nunca foram prioridade em nossa casa, a alimentação sempre vinha em primeiro lugar. No primeiro grau tive uma professora que me apresentou o livro e a leitura de forma traumatizante, todos os dias nos 15 minutos finais da aula, éramos obrigados a ler os textos dos livros didáticos em voz alta na frente da turma e em posição de sentido estilo militar, e a professora ficava ao lado com uma régua aterrorizante que entrava em ação a cada gaguejada ou vírgula engolida. Diariamente voltava para casa com as mãos ardendo de tanta reguada. Com isso, o livro e o momento da leitura eram as piores coisas que existiam em minha vida escolar.

Cresci odiando os livros, mas virei professor e percebi que eles tinham grande importância na vida das pessoas, porém, não precisava agredir meus alunos para que eles lessem. Já atuando no município criei o Projeto Casinha de Leitura que desenvolvia somente com minha turma de alunos.