[ Programa Rede no Fórum Mundial pela Democracia ]

Em novembro de 2016, tive a honra de apresentar o Programa Rede da Vaga Lume no Fórum Mundial pela Democracia (World Forum for Democracy), no Conselho Europeu, em Estrasburgo, na França.

O Fórum Mundial pela Democracia 2016 com o tema ‘Democracia e igualdade – a educação importa?’ aconteceu de 7 a 9 de novembro de 2016e focou suas discussões na relação entre educação e democracia e como a educação pode contribuir para a diminuição de desigualdades sociais e tornar-se um ativo real nas diversas democracias do mundo.

 

 

Nós  fomos convidados para apresentar a nossa metodologia no painel 16, com o tema "Aprendendo Respeito" painel 16, com o tema "Aprendendo Respeito". Dividimos a mesa com o projeto “Nosso Futuro Comum”, que apoia a colaboração de organizações que trabalham com educação, integração na diversidade e cidadania ativa na Bélgica, em conexão com comunidades na Turquia e Marrocos; e com The Cadisof Mayotte, que atua na prevenção e luta contra radicalismo religioso no território de Mayotte, departamento ultramarino francês no Oceano Índico.

Para que, no Conselho Europeu, pudesse ceder a palavra para os próprios adolescentes falarem sobre seu protagonismo, registramos em vídeo uma conversa que tivemos com o Conselho Jovem da Vaga Lume sobre como o Programa Rede proporciona espaços para aprendermos sobre as diferentes (e, às vezes, semelhantes!) realidades em nossa cidade, nosso país e no mundo, de forma respeitosa e divertida.

Na apresentação contei como o Programa Rede atua e seus principais resultados ao longo dos anos. E, com muita admiração, vi Mateus, Eduardo, Joana, Ana, Nathalia, Mhira, Pedro e Vitor, impressionarem todos os presentes com a maturidade e clareza com que falaram sobre o impacto do programa em suas vidas e em suas comunidades e sobre seus ideais e desejos para seu futuro e o do país.

Inspirados pelos vídeos, muitos jovens participantes do Fórum conversaram comigo sobre a importância de oferecer oportunidades de diálogo intercultural e protagonismo aos jovens de todo o mundo e de como eles gostariam de participar de uma iniciativa como essa. Prakash Bhattarai, fundador e presidente do Centro para Transformação Social do Nepal, debatedor do painel, pontuou que a metodologia de diálogo intercultural do Programa Rede pode ser aplicada em diversos contextos de diversidade social, religioso, cultural. Jean-Michel Caudron, membro da Conferencia INGOs do Conselho Europeu e moderador da mesa, parabenizou os jovens pela sua atuação no Programa Rede e os encorajou a seguirem em sua formação como grandes líderes do futuro.



 

Já no discurso de encerramento do Fórum foi especialmente inspirador ouvir de Rosemary Bechler, editora chefe da OpenDemocracy, que a  a atuação da Vaga Lume, mais que empoderar, contribui para transferir poder aos jovens e dar voz aos adolescentes da Amazônia e de São Paulo que é fundamental para investir na solução de conflitos presentes e futuros (no minuto 32:20 - desse vídeo aqui). A OpenDemocracy também divulgou, dias antes do Forum, um artigo de apresentação do trabalho da Vaga Lume, que pode ser encontrado, em inglês, clicando aqui.

A sessão de encerramento trouxe os aprendizados dos três dias de Fórum e foi com grande admiração que percebi que uma das principais conclusões é o que os jovens do Programa Rede nos mostram a cada dia: estudantes são também professores e é preciso dar espaço para o protagonismo juvenil e investir na educação para cidadania desde cedo.

Voltei para o escritório ainda mais convicta da importância do trabalho do Programa Rede e da atuação da Vaga Lume como um todo. Por isso, repito aqui a mensagem que enviei ao final do Fórum aos jovens conselheiros e meus grandes parceiros nesse desafio: os depoimentos de todos mostram o quanto o papel de vocês é importante e foi reconhecido! Eu tenho muito orgulho de fazer parte desse grupo e fico muito feliz por aprender tanto com vocês!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

É possível conhecer um pouco de todas as iniciativas que participaram do Fórum no link  clicando aqui. Mas vale destacar Kiron, iniciativa alemã que promove o acesso à educação superior aos refugiados no país, que foi a vencedora do prêmio Democracy Innovation do Conselho Europeu. Merecem destaque também falas como a de Yaacov Hecht, fundador da primeira escola democrática do mundo, em Hadera, Israel; de Sakena Yacoobi, Diretora Executiva do Instituto de Aprendizado Afegão, sobre a importância da educação para garantir melhores oportunidades de futuro; e o intenso depoimento de Alaa Murabit, Alta Comissária da ONU para Saúde, Emprego e Crescimento Econômico, sobre ‘O Poder da Compaixão’.

 

 

 

.

 

.

Compartilhe:
Share |

Cadastre-se abaixo para receber o Boletim da Vaga Lume!

Nome:

Email:

Rua Aspicuelta, 678, Vila Madalena - CEP 05433-011 - São Paulo - SP

Tel.(11) 3032.6032 Google Maps

Site: Communitas + Web e Ponto      Hospedagem: locaweb